Qual a melhor época para fazer um cruzeiro?

Qual a melhor época para fazer um cruzeiro?

Uma das perguntas mais comuns que os passageiros de cruzeiro fazem é: qual é o melhor momento para um cruzeiro de férias?

É uma pergunta cuja resposta depende de muitas variáveis – por isso não é fácil responder. Os entusiastas das paisagens de outono, por exemplo, vão encontrar em setembro e outubro o melhor momento para fazer um cruzeiro pelo Canadá e Nova Inglaterra. Os amantes dos esportes aquáticos (e as famílias) vão preferir navegar na região no verão, durante as férias escolares e quando as temperaturas são quentes e propícias para a natação.

Então, quais os fatores que influenciam a sua escolha? Você precisa agendar de acordo com as férias escolares? Uma semana de férias é o melhor para o seu cruzeiro? Seu principal objetivo é escapar das temperaturas geladas de inverno onde mora? Ou talvez você tenha muita flexibilidade (ou um orçamento apertado) e não se importa em diminuir um pouco o tempo para conseguir um upgrade de cabine. Suas respostas a essas questões vão influenciar qual a sua melhor aposta para a temporada de cruzeiros.

Para a maioria das regiões de cruzeiro, há períodos de pico de demanda (alta temporada), a demanda moderada e baixa demanda (baixa temporada). Não muito tempo atrás, a alta temporada era quando as condições do tempo estavam melhores em uma área particular (e quando todos os moradores do Hemisfério Norte corriam para o sol), mas à medida que mais e mais famílias pegaram gosto em viajar de cruzeiros, os meses de verão passaram a ser os mais concorridos, independentemente do tempo (em casa ou na região).

A baixa estação traz a maioria das oportunidades de bons preços nos cruzeiros em destinos em que a temporada é mais longa. Em lugares como Alasca e Bermuda (onde se tem uma estação de navegação de cinco ou seis meses), a temporada dura poucas semanas. E, para regiões como o Canal do Panamá e o Norte da Europa, quase todos os cruzeiros têm preços de acordo com a época.

A seguir uma lista de regiões de cruzeiros onde ainda é possível encontrar uma boa variedade de destinos, juntamente com as vantagens e as implicações de navegar dentro de cada um deles.

Alasca

Alasca

Alta Temporada: junho a agosto

Particularidades e vantagens de navegar na alta temporada: as temperaturas estão mais quentes (entre 10º C e 20º C), e quanto mais para o verão que você está, melhor suas chances de ver a vida selvagem nas várias expedições. A desvantagem: a procura é muito grande e você precisa reservar com meses (ou até um ano) de antecedência para garantir os melhores pacotes. Tenha em mente, com tantos navios que navegam no Alasca atualmente, o congestionamento pode ser enorme nos portos de cidades pequenas.

Para minimizar esse encontro com as massas, procure uma embarcação que navegue fora dos períodos de pico (como as opções de partidas de quarta-feira da Holland America, por exemplo). Para garantir um bom preço, as melhores rotas nas geleiras são no sentido Norte, pois tendem a ser mais baratas do que para o Sul.

Baixa temporada: maio e setembro

Particularidades e vantagens de navegar na baixa temporada: as vantagens da baixa temporada incluem menor número de pessoas e de cruzeiros nos destinos, além de preços mais em conta, como resultado dos riscos do clima (as temperaturas mais altas estarão entre 10º C e 15º C) e da possibilidade de neve. Em maio, os cruzeiros geralmente encontram menos chuva do que as viagens de verão, e o cenário é indiscutivelmente mais bonito com mais montanhas cobertas de neve.

Os cruzeiros de setembro podem ser beneficiados com as ofertas do fim da temporada, além de uma possibilidade de acompanhar as luzes da aurora boreal. Alguns cuidados a serem observados: as excursões na costa têm mais chances ser canceladas do que na alta temporada, especialmente os passeios de barco e de helicóptero. Além disso, o Parque Nacional Denali tem sido conhecido por fechar em setembro, por causa da neve.

América do Sul

América do sul

Alta Temporada: novembro a março

Particularidades e vantagens de navegar na alta temporada: as duas principais rotas de cruzeiros da América do Sul são a úmida e abafada Amazônia equatorial, o Cabo Horn, a porção mais ao Sul do continente americano, ou o canal entre Buenos Aires e Valparaíso, no Chile. A alta temporada ocorre durante o verão da América do Sul, mas esteja preparado para as variações do clima, que podem mudar rapidamente, independente do local da viagem. As temperaturas quentes, em torno de 25º C, que permitem momentos agradáveis, podem tornar-se um clima chuvoso, com ventos fortes e temperatura por volta dos 5º C em um piscar de olhos. Além disso, quando está úmido em Buenos Aires, o tempo pode estar bastante frio em locais como Punta Arenas e Ushuaia.

A boa notícia: você pode escolher entre a maior seleção de navios e itinerários no momento. Contudo, os navios vão encher rapidamente com os sul-americanos em férias. Você também pode esperar grandes multidões em datas festivas como o Natal, véspera de Ano Novo, Páscoa e Carnaval. No entanto, é possível encontrar promoções na alta temporada nas semanas entre os feriados de Ação de Graças e Natal.

Já nas Ilhas Galápagos, a alta temporada dura praticamente todo o ano, principalmente por causa do clima quente e tropical, que é relativamente imutável.

Baixa Temporada: abril e outubro

Particularidades e vantagens de navegar na baixa temporada: os passageiros que preferem evitar as multidões podem viajar nos meses de abril e outubro, quando o tempo é mais estável e agradável e a concorrência para as atrações turísticas é muito menor.

Em Galápagos, os cruzeiros podem encontrar águas mais agitadas em agosto e setembro, o que não é atraente para pessoas que passam mal com mais facilidade no mar.

Austrália

Austrália

Alta Temporada: final de novembro até março

Particularidades e vantagens de navegar na alta temporada: cada vez mais companhias estão trazendo seus navios para o país, e oferecem cruzeiros tanto para a região ou como partida para viagens maiores pelo Pacífico Sul ou para voltas ao mundo.

Enquanto é inverno na América do Norte, o verão reina na Austrália, por isso são esperadas condições de clima temperado quase perfeitas nos principais portos, como Sydney, Adelaide e Perth, no lado ocidental, e um clima subtropical na região nordeste, em Queensland. Esta é também época de tufões, que pode afetar as paradas em algumas cidades (como Brisbane e Cairns) e causar alguns desconfortos durante a navegação.

Os australianos geralmente tiram férias entre o final de dezembro e janeiro, sendo este um período no qual podemos esperar mais movimento e portos congestionados.

Baixa temporada: maio a setembro

Particularidades e vantagens de navegar na baixa temporada: embora o clima da Austrália seja muito variável, as temperaturas no inverno raramente são extremas. A procura por cruzeiros é menor, e existem boas ofertas, especialmente em navios maiores e cruzeiros para a Grande Barreira de Corais, que estão disponíveis durante todo o ano. A desvantagem desta época é que cruzeiros de expedição e viagens à Tasmânia apresentam menos opções durante os meses mais chuvosos, de junho, julho e agosto.

Canadá e Nova Inglaterra

Canadá e nova Inglaterra

Alta Temporada: setembro e outubro

Particularidades e vantagens de navegar na alta temporada: o que dizer sobre as folhagens de outono? Esta época do ano alcança preços elevados para o turismo marítimo ou em terra, para acompanhar a melhor estação na Nova Inglaterra. Lá é possível ver as folhas das árvores em diversas cores enquanto você viaja da Costa Leste para o Canadá. Outro atrativo vem das temperaturas mais frias, agradável para passear pelas cidades portuárias.

Os cruzeiros nesta época geralmente são mais tranquilos, principalmente porque a maioria das crianças está de volta à escola. Só é preciso tomar cuidado com as viagens marcadas para outubro, quando as temperaturas podem começar a ficar muito frias, especialmente mais ao norte.

Baixa temporada: maio a agosto

Particularidades e vantagens de navegar na baixa temporada: o excelente clima de verão proporciona aos cruzeiros pelas cidades canadenses experiências especialmente agradáveis. As temperaturas mais altas ficam próximas a 20º C, em comparação aos 10º C, no outono. Este é também o melhor período para os fanáticos por esportes aquáticos e para as famílias, graças às temperaturas quentes da água e do clima em geral.

Caribe

Caribe

Alta Temporada: final de junho até agosto. Natal e semanas de ano novo; entre fevereiro e meados de abril

Particularidades e vantagens de navegar na alta temporada: os dois grupos principais de viajantes de cruzeiros que navegam na alta temporada são famílias em férias escolares e moradores do Hemisfério Norte que buscam escapar do frio. Para as crianças é um ótimo período para navegar, já que os programas infantis estão disponíveis até em companhias que normalmente não atendem aos pequenos. Além disso, com o navio cheio de crianças de diversas idades, é mais fácil para fazer amigos a bordo.

A desvantagem: os preços são mais elevados nessa época. E um cuidado especial deve ser tomado com possíveis atrasos dos voos, por causa do mal tempo de inverno. Além disso, a temporada de cruzeiros de verão coincide com a temporada de furacões nas Américas do Norte e Central, embora as tempestades só começam para valer, geralmente, após meados de agosto.

Durante as férias de primavera, quando milhares de norte-americanos estão migrando para resorts na Flórida e para viajar em cruzeiros, o ideal é reservar as passagens de avião com muita antecedência, mesmo antes de fechar a viagem de navio, e os preços podem ser elevados. Para aquelas pessoas que procuram paz e sossego longe de crianças vão querer evitar o embarque nesse período. Como os navios são os de maior capacidade, os portos ficam geralmente lotados e o ambiente agitado e barulhento, cheio de crianças e adolescentes.

Baixa temporada: final de abril até maio; setembro até o início de janeiro, excluindo os feriados de final de ano

Particularidades e vantagens de navegar na baixa temporada: os maiores benefícios nessa época são o bom tempo para navegar com tranquilidade, por causa do menor número de pessoas viajando. O outono, em especial, é um grande período para aproveitar promoções de última hora. A temporada de furacões (entre junho e novembro) ainda representa uma ameaça; se uma tempestade está se formando em algum lugar na Flórida ou no Caribe, pode ser que exista a necessidade de uma mudança nos portos de parada. Torna-se um desafio chegar aos portos de embarque, já que o navio pode alterar a rota para evitar problemas com o tempo. Mesmo que o seu cruzeiro não seja afetado, pode ser que o navio ainda enfrente a chuva e o mar agitado.

Europa – Cruzeiros Fluviais

Europa cruzeiros fluviais

Alta Temporada: abril até outubro

Particularidades e vantagens de navegar na alta temporada: a frota de navios e barcaças, especialmente concebidos para os cruzeiros fluviais, oferece uma experiência única para os viajantes que querem aproveitar mais do coração da Europa, especialmente na primavera e no outono.

A primavera pode significar flores (os favoritos são os cruzeiros das tulipas, pela Holanda e Bélgica), mas é preciso ter em mente que as fortes chuvas e inundações no início da estação podem fazer os rios transbordarem, criando bloqueios intransitáveis. Se os barcos não podem se mover, os passageiros serão levados para os pontos turísticos em ônibus.

Alguns cruzeiros adaptam os itinerários para as famílias. E não espere para ver muitas crianças nessas embarcações, mesmo durante o verão, como acontece nos navios maiores.

Baixa temporada: março e final de novembro e dezembro

Particularidades e vantagens de navegar na baixa temporada: a maior parte dos navios fluviais europeus opera sazonalmente e encerra a temporada em janeiro e fevereiro. Quando em funcionamento, no entanto, os itinerários dos cruzeiros não são dependentes das condições meteorológicas. Navegar em março, por exemplo, significa que você pode desfrutar os castelos, as catedrais e lojas sem as multidões em época de férias.

Diversos navios fluviais, operados por companhias de cruzeiros, como Viking River e Avalon, também oferecem viagens especiais para compras pré-Natal na Alemanha, Áustria e Leste Europeu. O tempo pode estar muito frio, mas para os clientes pode se tornar uma maneira única de experimentar os encantadores mercados sazonais ao longo dos rios.

Mediterrâneo

Mediterrâneo

Alta Temporada: maio até setembro

Particularidades e vantagens de navegar na alta temporada: as famílias europeias e americanas geralmente escolhem as mesmas datas para as viagens de verão (especialmente em agosto). Isso proporciona um agradável mix cultural entre os passageiros, além de muitas atividades a bordo para as crianças e adultos.

As desvantagens são os navios mais lotados, preços mais elevados (dos cruzeiros e das passagens aéreas) e temperaturas muito altas que podem diminuir sua energia para os passeios. Como grande parte da Europa costuma tirar férias em agosto, você pode encontrar restaurantes e outros estabelecimentos fechados. Enquanto isso, setembro tem se tornado um mês cada vez mais popular para cruzeiros no Mediterrâneo Ocidental, principalmente porque é possível evitar as crianças de férias escolares e ainda desfrutar de temperaturas mais agradáveis.

Baixa temporada: outubro até abril

Particularidades e vantagens de navegar na baixa temporada: os cruzeiros no início da primavera e no final do outono oferecem a vantagem de tarifas mais competitivas e menos multidões nos portos. Além disso, o clima é geralmente mais ameno (embora março e novembro sejam meses chuvosos). Poucos navios realmente permanecem na região durante todo o ano. É muito interessante o passageiro procurar pelas melhores tarifas e os cruzeiros para as regiões mais quentes do Mediterrâneo, como Espanha, Marrocos e Ilhas Canárias.

Norte da Europa

Norte da Europa

Alta Temporada: junho até agosto

Particularidades e vantagens de navegar na alta temporada: o Norte da Europa fica muito mais encantador durante o verão, especialmente as regiões do mar Báltico e os fiordes da Noruega. As temperaturas são agradáveis (mesmo se ocasionalmente úmidas), o céu ensolarado e as cidades se transformam. A vida é curtida fora das casas, com as pessoas às vezes aproveitando a água em piscinas ou lagos, ou bebendo cervejas em cafés na calçada. Por outro lado, os cruzeiros de verão para o Báltico estão muitas vezes entre os mais caros no Exterior.

Baixa temporada: maio e setembro

Particularidades e vantagens de navegar na baixa temporada: as crianças estão de volta à escola, com isso os portos estão menos frenéticos. Além disso, o tempo – e as folhagens (sejam primaveril ou outonal) – podem ser adoráveis na primavera e no outono. As temperaturas podem ser um pouco mais frescas nesses momentos. Mas a vantagem é permitir ao viajante evitar multidões, além das tarifas de cruzeiro serem menores nessa época.

Nota: algumas companhias oferecem cruzeiros no inverno, o auge de baixa temporada. Enquanto algumas empresas podem apresentar displays com a visão espetacular da Aurora Boreal, lembre-se que o

clima nesse período é imprevisível (com muito frio e neve), e pode deixar o tempo escuro, dificultando a visualização das belezas naturais, e forçá-lo a ficar dentro do navio grande parte do tempo.

E aí, qual o seu destino escolhido? Prefere optar pela alta ou baixa temporada? Tem mais alguma dúvida sobre o assunto? Conte para gente nos comentários! Ah, não deixe de assinar o blog para receber nossas atualizações.

Quer fazer um cruzeiro?


Escrito por Equipe Navega Fácil

Exploraremos no blog o universo dos cruzeiros marítimos. Navegaremos pelos melhores assuntos, costas, praias e cidades. Venha conosco!

One thought on “Qual a melhor época para fazer um cruzeiro?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *