Cuidados para viajantes com necessidades médicas especiais

CUIDADOS PARA VIAJANTES COM NECESSIDADES MÉDICAS ESPECIAIS

Viajar é sempre uma delícia, mas enquanto para alguns a preocupação é quais roupas e sapatos colocar nas malas, para outros, a situação vai além. Pessoas que fazem tratamento médico contínuo ou que têm problemas de saúde específicos precisam tomar todas as precauções necessárias antes e durante a viagem, a fim de evitar riscos desnecessários. Para isso, ter um bom planejamento é imprescindível.

Consultar o médico antes da viagem é a recomendação mais importante. Ele poderá solicitar um check-up para verificar se a pessoa possui condições de viajar e dará as orientações necessárias para uma viagem tranquila.

O especialista também passará instruções sobre medicamentos, além dos de uso habitual, que poderão ser utilizados em alguma eventualidade, ou até mesmo a necessidade do uso de aparelhos e equipamentos que auxiliam o paciente.

Ter à mão um relatório médico com detalhes sobre o problema de saúde – inclusive alergias que o paciente tenha -, receitas médicas e documentação necessária para viajar com aparelhos e equipamentos, é muito importante.

Viajantes com necessidades médicas x companhias marítimas

VIAJANTES COM NECESSIDADES MÉDICAS X COMPANHIAS MARÍTIMAS

As pessoas com necessidades médicas especiais devem apresentar o certificado médico de aptidão para uma viagem de cruzeiro. As companhias marítimas também devem ser avisadas sobre o uso de medicação, aparelhos e/ou equipamento por parte delas. Todas estas informações ficam registradas em um formulário apropriado e assinado pelo passageiro. Caso o cruzeiro englobe alguma viagem de avião, o procedimento é o mesmo, sempre observando as especificações das companhias. Pessoas que necessitam de dieta alimentar especial também devem avisar as companhias aéreas e marítimas com antecedência.

Todos os navios possuem ambulatórios e uma equipe com médicos e enfermeiros para atenderem emergências e os passageiros que apresentarem problemas de saúde. No entanto, o pagamento é à parte. Por isso, é interessante fazer um seguro viagem, especialmente quando o cruzeiro durar mais de três dias. Assim, se acontecer alguma eventualidade médica, todas as despesas necessárias serão cobertas.

Algumas recomendações para determinadas necessidades médicas:

Passageiros com diabetes

PASSAGEIROS COM DIABETES

Em toda viagem, recomenda-se aos diabéticos o uso de pulseira ou crachá de identificação, alertando sobre a doença. Por precaução, leve o dobro de medicamentos em relação à quantidade calculada pelo commander cialis sans ordonnance médico para o tempo total de viagem. Agulhas, seringas, tiras reagentes, lancetas, sachês de álcool e pilhas também devem ser levados em maior quantia. Se o destino visitado tiver diferença de fuso horário, fique alerta para não se confundir e acabar errando o horário de aplicação de insulina.

A bordo do navio, você poderá armazenar a insulina no frigobar de sua cabine ou solicitar, através do serviço de quarto, que o medicamento seja mantido sob refrigeração. Nas excursões terrestres, é importante sempre levar um lanche para que o nível de glicose não fique muito baixo. Por fim, é recomendado verificar sua https://www.acheterviagrafr24.com/vente-viagra-france-belgique/ glicemia com mais frequência do que se estivesse em casa, porque as mudanças na dieta e no nível de atividade física podem afetar o nível de glicose no sangue de maneiras inesperadas.

Passageiros com doença cardíaca

Passageiros com doença cardíaca

O cardiopata deve sempre saber quais são os limites do seu corpo, mas é imprescindível consultar o médico antes de programar uma viagem, para saber se está apto o suficiente para viajar. Algumas questões são importantes: qual a frequência recomendada de atividade física? Se viajar para uma área montanhosa, a viagra sans ordonnance altitude será um problema? Se viajar para uma área remota, é preciso se preocupar com com a falta de acesso a cuidados médicos? Além disso, o paciente deve levar uma cópia de seu ECG mais recente e, caso tenha um marca-passo ou um desfibrilador cardíaco implantado, carregar sempre consigo um cartão de identificação.

É preciso tomar cuidado durante as atividades a bordo ou excursões em terra, especialmente as que exigem maior fôlego, a fim de evitar o risco de arritmia, entre outros problemas que podem ser desencadeados. No entanto, caminhar é sempre bom para ativar a circulação sanguínea.

E por último, caso a sua viagem possua algum trecho aéreo, recomenda-se utilizar meias de compressão, evitar o álcool e beber muita água, a fim de evitar a formação de coágulos durante o voo.

Passageiros que utilizam oxigênio

passageiros-que-utilizam-oxigenio-1.jpg

O primeiro passo para a pessoa que precisa utilizar oxigênio terapêutico é solicitar ao médico um relatório diagnosticando a necessidade do produto e a quantidade que deve ser utilizada diariamente. Mais prático que o cilindro tradicional é o concentrador de oxigênio portátil, pois dá maior mobilidade ao usuário.

A necessidade do uso do equipamento deve ser avisada previamente à companhia marítima. As políticas sobre o uso de oxigênio variam muito entre as companhias marítimas. Para não ter https://www.acheterviagrafr24.com/achat-viagra-en-ligne-sans-ordonnance/ erro, consulte o site da companhia e procure por “necessidades especiais”. Se preferir, peça orientações ao seu agente de viagens.

Caso haja algum trecho aéreo no roteiro, as companhias aéreas também devem ser avisadas, porém, algumas delas só permitem o uso do próprio cilindro, pelo qual o passageiro paga uma taxa – geralmente cara – para utilizar. É importante levar adaptadores de plugins para não correr o risco de não conseguir recarregar as baterias.

Viu como um bom planejamento torna possível que pessoas com necessidades médicas especiais possam viajar com tranquilidade e segurança? Acompanhe o nosso blog e deixe um comentário abaixo sobre o assunto.

Quer fazer um cruzeiro?

Escrito por Equipe Navega Fácil

Exploraremos no blog o universo dos cruzeiros marítimos. Navegaremos pelos melhores assuntos, costas, praias e cidades. Venha conosco!

3 thoughts on “Cuidados para viajantes com necessidades médicas especiais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *